Como conduzir os alunos à saúde emocional

Com Dayana Garcia

Pedagoga, Psicóloga, Especialista em Psicologia Escolar

 

Saúde emocional é um grande presente que podemos entregar para nossos alunos que vai gerar frutos para uma vida inteira de conquistas e alegrias. Convidamos a psicóloga Dayana Garcia, que também é pedagoga e especialista em psicologia escolar, para responder algumas perguntas a fim de entendermos melhor sobre como promover um ambiente acolhedor! 

 

1- Quais as melhores alternativas para criar um ambiente acolhedor para as crianças? 

Dayana: A escola é o ambiente onde a criança passa grande parte de seu tempo. A instituição de ensino está fortemente envolvida com o crescimento e o desenvolvimento dos estudantes, no que diz respeito a valores e princípios que os formam como cidadãos.

A escola acolhedora proporciona engajamento, cumpre seu papel social e garante um ensino de qualidade. Ainda, fortalece relacionamentos e estimula melhorias na estrutura da educação.

A confiança e afeição dos estudantes é conquistada quando são tratados com afeto e de maneira individualizada. Isso influencia no seu desenvolvimento social. Além disso, num ambiente acolhedor, alunos mais tímidos se sentem mais confortáveis para falar abertamente sobre suas impressões diante do processo de ensino-aprendizagem. Ao promover um local aberto e saudável que compreende e acolhe, a escola consegue garantir tanto as melhores condições e qualidade do ensino, quanto cumprir o seu papel social de formação.

As vantagens de promover um ambiente escolar acolhedor:

  •         Possibilita que os estudantes se engajem mais nas causas escolares;
  •         Criação de vínculos afetivos entre os próprios alunos e os demais membros da instituição;
  •         Incentivo ao respeito e a construção de relacionamentos mais saudáveis entre todos;
  •         Facilita o processo de ensino-aprendizagem;
  •         Contribui para o diagnóstico e constantes melhorias na instituição.

 

2- É possível oferecer um suporte eficaz somente no âmbito escolar?

 Dayana: A parceria entre família e escola é um dos principais elementos para o sucesso da educação. É comum acreditar que cada um deve cumprir seu papel separadamente. No entanto, os pais e a instituição de ensino devem estar em constante sintonia, tendo como objetivo final o pleno desenvolvimento infantil. 

Diferentes motivos levam a essa separação. Os pais deixam de se envolver no ambiente escolar, nas atividades e estratégias pedagógicas que envolvem a sua participação. Por outro lado, a família não sente que as suas demandas são acolhidas pelos gestores escolares. 

Uma das formas para reverter esse cenário é compreender que a educação não é responsabilidade restrita da escola, assim como não está confinada aos muros da instituição. A sociedade como um todo, a escola, a família e outros ambientes estão envolvidos no desenvolvimento humano. Também é importante que a família permita ao aluno resolver questões relacionadas à socialização com outros colegas no ambiente escolar, sem interferir de maneira direta.

Já a escola deve possuir uma gestão democrática, capaz de incentivar a participação constante dos pais no ambiente escolar. Essa relação deve ir além dos encontros para discussão de questões burocráticas, como reclamações, boletins, reuniões, etc. É importante estar à disposição em horários mais acessíveis e demonstrar que a escola está aberta para o diálogo e novas sugestões.

 

3- Como conduzir de maneira “preventiva” a saúde emocional?

 

Dayana: O cuidado cotidiano de crianças é fundamental para que elas cresçam e se desenvolvam, para serem fisicamente saudáveis, emocionalmente seguras e respeitadas como sujeitos sociais. No processo de desenvolvimento, a criança necessita de interações positivas e de cuidados adequados, desempenhados por pessoas comprometidas com a sua saúde e bem-estar. As experiências do início da vida são de extrema importância para o ser humano e diretamente influenciadas pela qualidade das relações socioafetivas, principalmente pelas interações estabelecidas com seus cuidadores.

 

4- Quais são os principais sinais que podem identificar que uma criança precisa de ajuda?

 

Dayana:

Abaixo, alguns dos principais sinais que demonstram a necessidade de consultar um psicólogo:

  •         Perda do prazer com alguma brincadeira que costumava ter anteriormente;
  •         Tristeza ou choro frequentes, sem motivos aparentes;
  •         Procura por isolamento constante;
  •         Falta de concentração na escola ou para atividades em casa;
  •         Atraso de desenvolvimento na fala, na linguagem ou no andar, por exemplo;
  •         Insônia ou sono muito frequente;
  •         Aumento ou diminuição exagerada da fome ou da sede;
  •         Vontade de voltar a hábitos já superados como usar chupeta ou fazer xixi na cama;
  •         Dores frequentes de barriga ou na cabeça, embora exames não apresentem nada errado;
  •         Agressividade desmedida;
  •         Apatia;
  •         Resistência a ir para a escola de maneira repentina;
  •         Dificuldade de aprendizado;
  •         Mudança de comportamento após a chegada de um irmão;
  •         Violência física ou psicológica;
  •         Medo intenso;
  •         Separação dos pais;
  •         Falecimento de um parente próximo e querido.

 

5- Falando em comunidade escolar. Quais são as principais propostas para melhorar o ambiente escolar?

Dayana– Criar um ambiente escolar acolhedor é uma iniciativa que se potencializa com o envolvimento de todos os membros da comunidade escolar. Apesar do papel da gestão ser muito importante nesse processo, ele só é possível com a colaboração de todos os envolvidos. Simples práticas podem fazer a diferença. Atitudes como ouvir com atenção as observações e opiniões de todos e ficar atento às mudanças de comportamento trazem resultados satisfatórios para o ambiente escolar.

Parte do processo de tornar a escola um ambiente acolhedor é agir pensando sempre no respeito pelo aluno, famílias, professores e demais funcionários. Baseando-se em princípios éticos, com respeito e solidariedade, é praticamente impossível que não se estabeleça uma boa relação no ambiente escolar. Atitudes simples como chamar os estudantes e seus familiares pelos nomes e recepcioná-los na portaria da escola, manter um diálogo saudável com os funcionários e docentes, além de praticar uma gestão cada vez mais democrática, podem transformar o clima escolar.

Os pilares de uma escola acolhedora se pautam em práticas contínuas, como abrir espaço para o diálogo, preocupar-se com os espaços físicos e laboratórios para que sejam acessíveis para todos, além de envolver toda a comunidade no ambiente escolar. Os jovens e suas famílias precisam enxergar a escola como um ambiente que lhe dá abertura para expressar seus desejos, inseguranças e expectativas.

A Inteligência Educacional

A Inteligência Educacional é uma editora e distribuidora de livros mas que ainda atua na capacitação e fornece

conhecimentos para que as escolas que utilizam o material paradidático ainda sejam bem sucedidos nessa aplicação! 

Se você é um profissional da educação e quer conhecer mais sobre nossos projetos que envolvem o aprendizado e a aplicação ao socioemocional em várias áreas de conhecimento, acesse o site e conheça o projeto da Gênios Educacional. É um material escrito pela autora Camila Cury e tem sido pioneira na área há mais de 10 anos. 

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe conteúdos do nosso blog com amigos e colegas de trabalho! Leia notícias e conteúdos exclusivos da nossa revista pelo site. Acompanhe nosso conteúdo ainda nas redes sociais! Nos siga no Instagram e no Facebook. Ou ainda se inscreva em nossos canais no Youtube e no Podcast (você pode ouvir pelo google podcast, anchor ou spotify).

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Mande-nos um Whats