sábado, setembro 26, 2020

Lidando com as nossas emoções

Família Inteligência Educacional Inteligência Educacional nas escolas

Como você está se sentindo? Estamos perguntando isso por sabermos que, em alguns momentos durante o dia, você pode se sentir ansioso, angustiado, inquieto e às vezes triste. Quando tem criança ou adolescente em casa, podemos também percebê-los mais irritados e agitados. Antes que você se preocupe demasiadamente com essas emoções queremos dizer que, diante do cenário atual, é completamente normal sentir-se assim em alguns momentos. Veja só!

Antes do Covid-19 tínhamos uma rotina diária com horários estabelecidos para tudo. Muitas vezes, nem precisávamos mais do despertador para acordar, ou usar o alarme para lembrar um compromisso. A correria do dia-a-dia já virou até cumprimento de elevador: –Correria? –Sim, correria.

Quem se identificou não precisa levantar as mãos…=)

Mas agora os tempos são outros, não é mesmo? O panorama mundial atual tem mexido com os nossos valores, com nossos sentimentos e também com nossos objetivos de vida. Mas não é esse o tema proposto para essa conversa. Caso queiram conversar mais sobre esse assunto, faremos outro post. Deixe o seu #iedupostamais, que iremos produzir mais conteúdos voltados para as nossas emoções.

O tema proposto hoje é, ser empático com você, e compartilhar o que está sentindo atualmente, isso acontece e é normal, muitos podem estar sentindo a mesma coisa.

É preciso ter um pouco mais de paciência também com os filhos em casa, pois a rotina deles também foi alterada. Para incentivar uma rotina dentro do nosso lar e ganharmos mais qualidade nesse período de quarentena, confiram as nossas sugestões.

A nossa sugestão é:

  1. Façam uma reunião com todos em casa para trabalharem os sentimentos. Façam uma roda de conversa para saber como estão se sentindo, e se todos compreendem o que está acontecendo. Lembre-se de falar dentro dos limites deles, para que o entendimento prevaleça.
  2. Trabalhe a escuta. Quantas vezes lavar as mãos por dia pode ser uma dúvida dos seus filhos, por exemplo.
  3. Esclareça que não são férias e compartilhem os seus sentimentos também.
  4. Após esse momento, façam um levantamento e monte uma lista do que eles gostam de fazer em casa e distribua durante a semana.
  5. Façam um gráfico das atividades que eles mais gostaram na semana. Se puderem e quiserem façam a impressão em uma folha A4.

Poste no seu Instaram o momento dessa roda de conversa e também o gráfico que produziram! Lembrem-se de marcar a Inteligência Educacional @inteligenciaedu. Ahh! E não esqueça de marcar a #iedupostamais! A sua interação é muito importante para nós.

Dentro do site da Inteligência Educacional https://inteligenciaedu.com.br/downloads/, vocês encontrarão algumas sugestões de planners. Tanto para usar nesta proposta, quanto para outros momentos.

Caso tenham alguma dúvida, envie um direct pelo nosso instagram @inteligenciaedu ou comente aqui no blog.

Bom diálogo a todos!

Marcado com$ s

2 pensamentos sobre "Lidando com as nossas emoções"

  1. Adorei as dicas
    Super importante trabalhar as emoções né?!
    Organizar os pensamentos, analisar o que é necessário fazer e deixar de fazer nos dias atuais.
    Obrigada pelo texto #iedupostamais!
    Posta mais!!!

  2. Gosto muito dos textos de vocês, parece direcionado a nós os leitores, digo exclusivamente a cada um de nós. Importantíssimo Saber lidar com as emoções… Delas depende uma convivência harmoniosa, com respeito e troca de aprendizado .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *